Categorias
Carreiras - Construção e Transição Confetes e News

Homens X Mulheres – Reinvenção profissional

Então, cá estamos em 2022. Continuamos vivendo esses tempos complicados, com uma pandemia que não acha seu fim, uma radicalização nas opiniões, uma patrulha ideológica pesada. E, claro, temos que nos adaptar ou sofrimento e desconforto vão nos levar a um estado de esgotamento mental enorme. O que podemos fazer, nós, que não somos médicos, enfermeiros ou pesquisadores do assunto?

Na verdade, podemos seguir as regras para ser socialmente aceitos e ir em frente. Dei folga para mim mesma nos últimos dias, tanto de tarefas quanto de pensamentos, diminui bastante minha busca de informações nos jornais e TVs e recomeço hoje com a mente descansada. Decididamente, a única coisa que posso fazer é continuar a viver como sempre, mesmo com restrições de contatos, vacinas e máscaras (esta tem me trazido muito mal-estar, confesso).

Vai daí, estou pensando num ponto que me intriga bastante. Por que o número de mulheres que se reinventam profissionalmente é maior do que o de homens? Vejo isso entre ex-colegas, amigos, conhecidos. Mulheres acostumadas ao ambiente corporativo estão atuando em áreas completamente diferentes, no geral relacionadas a criatividade e flexibilidade de horários, enquanto os homens continuam prestando consultoria às áreas nas quais trabalharam por muitos anos.

Claro que preciso fazer uma pesquisa séria para saber se isto realmente é uma verdade ou se estou percebendo apenas um pedacinho do todo. É minha impressão, apenas, sem nenhuma prova científica, talvez outras pessoas possam me dizer como estão vendo o fenômeno.

Entretanto, não posso deixar de observar mulheres que saíram de áreas bem específicas como finanças, marketing, produção transformando-se em grandes artesãs, artistas, criadoras de moda, produtoras de comida (muito conveniente em tempos de pandemia), cultivadoras de frutos, flores e ervas. Enfim, temos novas escritoras, consultoras de carreira e de vida, cantoras, professoras… Elas estão todas por aí, mostrando habilidades que estiveram escondidas, muitas vezes por toda uma vida.

E os homens? Muito poucos se aventuraram nesse caminho desconhecido. Sei que a vida corporativa sempre foi mais difícil para as mulheres, também conheço a dificuldade de ser recontratada depois de uma certa idade, e isso é mais grave para elas, mas acredito que elas são mais flexíveis. A escolha masculina pode ter muitos porquês: melhores rendimentos, maior familiaridade proporcionada pela formação e experiência, uma certa rigidez em abrir mão da imagem, enfim, quero muito saber mais.

Ainda pretendo fazer uma pesquisa sobre estas razões, mas precisarei de ajuda pois esse é um campo em que não me saio muito bem. Enquanto isso, se alguém quiser me ajudar, compartilhe suas impressões. Ficarei muito agradecida.

Por Maria do Carmo Marini

Há dez anos trabalhando com pessoas, seu desenvolvimento e o que elas querem dizer ao mundo, minha formação eclética me levou a viver experiências profissionais mais lúdicas e generosas . Escrevo artigos e livros, além de produzir conteúdo moderno, bem fundamentado e num visual extremamente prazeroso para clientes de diferentes segmentos.
Faço parte de uma tribo otimista e alegre e acredito que o mundo tem potenciais inexplorados e fascinantes a serem descobertos. Considero a família – marido, filhos, netos, irmãs e irmãos – meu porto seguro. Curiosidade e paixão pela vida me fazem aprender e buscar coisas novas sempre. Adoro gente inteligente e elegante. Viagens, cinema e livros me encantam, bem como encontrar os amigos para compartilhar boa comida e boa bebida. Estou sempre disposta a compartilhar experiências, conhecimentos e estórias.

Minha formação viaja de Engenharia Elétrica, passa por Consultoria de Carreira e Desenvolvimento de Pessoas, e mais umas coisinhas. Passo a vida a aprender, o que me permite produzir conteúdo de qualidade e compartilhar informações interessantes nas mídias sociais. Tenho especialização em Comunicação Corporativa pela FGV, Curadoria do Conhecimento pela Inesplorato e pós-graduação em Consultoria de Carreira pela FIA-USP. Sou parceira estratégica do Escritório de Carreiras da USP.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s