Categorias
Confetes e News

Alinhada com a “preferência nacional”…

29a7eb08-5671-41d4-b146-59c7bd91d945Se você é como a maior parte das mulheres brasileiras, graças a Deus tem bumbum grande. Não precisa, portanto, fazer qualquer esforço para ressaltar, correndo o risco de ficar vulgar. Opte por roupas que não se “agarram” na sua bunda, use calças largas e com a cintura mais baixa.

Não use calças ou saias com bolsos traseiros e cuide para não ter tecido acumulado ou enrugado na região. Se você tem celulite na região, esqueça as calças em jérsei, malha e outros tecidos moles e fluidos, porque vai aparecer. Escolha tecidos mais encorpados e nem pense em comprar a roupa em número menor, porque vai massacrar seu bumbum. Ah, sabe aquela cinta que você acha que vai reduzir sua bunda, permitindo que você “entre” na roupa um número menor? Ela vai é deixar sua bunda quadrada, sem forma, amassada, sem aquele formato bacana com nádegas separadas. Portanto, muito melhor deixar sua bunda mais livre, no seu formato natural, mesmo que meio grandinha.

Por outro lado, você é do tipo “tábua” e cada vez que olha para a Jennifer Lopez pensa em como a natureza é injusta na distribuição dos recursos? Saiba que existem alguns truques que não fazem sua bunda crescer, mas dão um up, mostrando que, apesar de pequena, ela é muito bonitinha. Por exemplo, em vez de usar calcinhas que dividem cada uma de suas nádegas em duas, use aquelas tipo fio dental que, além de não marcar, dão uma “arredondada” no pedaço. Bolsos traseiros aumentam um pouco, desde que a calça não seja apertadésima. E, me desculpem as fisioterapeutas, arrebitar um pouquinho a bunda, fingindo uma leve lordose ajuda mais um pouquinho. Marcar a cintura nas costas é outro truquezinho que, somado aos demais podem lhe dar as ferramentas para obter alguns assovios.

De qualquer maneira, o importate é que não é pecado usar alguns truques, seja para diminuir, seja para aumentar, se você quiser estar alinhada à “preferência nacional”.

Por Maria do Carmo Marini

Há dez anos trabalhando com pessoas, seu desenvolvimento e o que elas querem dizer ao mundo, minha formação eclética me levou a viver experiências profissionais mais lúdicas e generosas . Escrevo artigos e livros, além de produzir conteúdo moderno, bem fundamentado e num visual extremamente prazeroso para clientes de diferentes segmentos.
Faço parte de uma tribo otimista e alegre e acredito que o mundo tem potenciais inexplorados e fascinantes a serem descobertos. Considero a família – marido, filhos, netos, irmãs e irmãos – meu porto seguro. Curiosidade e paixão pela vida me fazem aprender e buscar coisas novas sempre. Adoro gente inteligente e elegante. Viagens, cinema e livros me encantam, bem como encontrar os amigos para compartilhar boa comida e boa bebida. Estou sempre disposta a compartilhar experiências, conhecimentos e estórias.

Minha formação viaja de Engenharia Elétrica, passa por Consultoria de Carreira e Desenvolvimento de Pessoas, e mais umas coisinhas. Passo a vida a aprender, o que me permite produzir conteúdo de qualidade e compartilhar informações interessantes nas mídias sociais. Tenho especialização em Comunicação Corporativa pela FGV, Curadoria do Conhecimento pela Inesplorato e pós-graduação em Consultoria de Carreira pela FIA-USP. Sou parceira estratégica do Escritório de Carreiras da USP.

Uma resposta em “Alinhada com a “preferência nacional”…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s